Dos Livros para o Cinema: Assassinato no Expresso Oriente

0
185

Assassinato no Expresso Oriente

Essa semana estreou nos cinemas o filme Assassinato no Expresso Oriente baseado no livro da escritora britânica Agatha Christie, publicado em 1934.

Quem já teve a oportunidade de ler alguma obra de Agatha Christie, sabe o quanto suas tramas prendem o leitor até a última página. E nesse filme, não foi diferente! Lembrando que este é uma refilmagem do longa de 1974.

Dirigido por Kenneth Branagh (sim, o mesmo ator que interpreta Poirot), Assassinato no Expresso Oriente acompanha a trajetória do detetive Hercule Poirot, que desvenda seus crimes a partir do desequilíbrio deixado na cena pelo criminoso. Poirot é um tanto emblemático e possui traços de pessoa com TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), pois venera a perfeição, como na cena em admira uma fornada de pães do mesmo tamanho e, coisas imperfeitas o incomodam, como gravatas tortas ou até mesmo a degustação de dois ovos de tamanhos diferentes no seu café da manhã.

Com tanto trabalho, Poirot sabe que precisa de férias, mas a todo instante surgem novos desafios. Ao ser chamado para solucionar um caso em Londres, Poirot acredita que terá alguns dias de descanso durante a sua viagem no trem Expresso Oriente.

Durante a sua viagem no luxuoso Expresso Oriente de Istambul na Turquia à Londres na Inglaterra, ocorre um deslizamento de neve e o trem acaba impedido de seguir o seu trajeto. Nessa mesma noite, ocorre um assassinato e, Poirot é desafiado a desvendar o crime.

Todos os treze passageiros são suspeitos e um bilhete queimado no quarto da vítima leva Poirot a ligar o assassino e a vítima a um crime cometido anos antes nos Estados Unidos, ou seja, uma vingança! É interessante a quantidade de possíveis provas deixadas no quarto da vítima e que levam a vários passageiros. Começam as investigações: todos são chamados para darem seus depoimentos e seus documentos e bagagens são revistados.

E agora, quem é o assassino? Não se preocupe, não contarei!

Mas, nesse instante o leitor/espectador fica tão angustiado quanto Poirot, pois o detetive vê o desequilíbrio por toda parte e, quando parece que o suspeito foi encontrado, mais elementos surgem e mais distante Poirot fica da verdade.

Não posso deixar de destacar o excelente elenco do filme, que até deu vontade de ler novamente a obra e imaginar os rostos escolhidos para fazerem a interpretação dos personagens:

  • Kenneth Charles Branagh como Poirot (destaque para o bigode tão icônico. Notem como ele protege seu bigode na cena em que dorme na primeira noite no trem).
  • Johnny Depp como Ratchett/Cassetti.
  • Michelle Pfeiffer como Mrs. Hubbard.
  • Judi Dench como Princesa Dragomiroff.
  • Penélope Cruz como Pilar Estravados.
  • Josh Gad como MacQueen.
  • Willem Dafoe como Hardman.

Quer conhecer os atores que interpretaram os outros personagens? Confira a listagem completa, clicando aqui.

Só para você entender o quanto esse detetive é importante nas obras da Agatha Christie, ele simplesmente aparece em 39 livros e já está confirmado que teremos mais Poirot nos cinemas, que será a adaptação do livro Morte no Nilo de 1937.

Ficou curioso?

Confira o trailer oficial do filme Assassinato no Expresso Oriente e corra para os cinemas!

 

Quer conhecer outras adaptações que livros que viraram séries e que estão disponíveis na Netflix? Clique aqui e confira!

Até a próxima!