The Crown: uma série dramática sobre a Rainha Elizabeth II

0
204

Para quem gosta de uma boa série dramática associada a elementos históricos, com certeza vai se apaixonar por The Crown. Essa série, ambientada no Reino Unido após a Segunda Guerra Mundial, mostra a transição da Coroa britânica do Rei George VI para a Rainha Elizabeth II (interpretada pela atriz Claire Foy).

Escrita por Peter Morgan para a Netflix (o mesmo dramaturgo que escreveu Rush: no limite da emoção), apresentou um outro lado que não estamos familiarizados quando pensamos na Monarquia: o que está por trás de todo o glamour da Realeza.

O que mais surpreendeu foi como os fatos históricos foram apresentados sem ofuscar o eixo central que são as relações familiares em meio às turbulências e crises britânicas. Tenho certeza que muitas pessoas que assistirem a série vão repensar as frases “deve ser muito fácil ser Rainha”, ou  “ah, eu queria tanto ser uma Princesa!”.

Ainda não assistiu e ficou curioso (a)? Dá uma olhada no trailer da série e se joga nesse final de ano! Atualmente estão disponíveis 2 temporadas na Netflix. Cada temporada possui 10 episódios de aproximadamente 1 hora.

Agora, se ainda não assistiu e não gosta de spoiler, melhor não ler o restante na matéria! Mas, se você é curioso (a) e não tem problema saber dos acontecimentos antes de assistir, pode continuar para saber o que esperar das duas temporadas!

O que esperar da 1ª temporada?

The Crown

Na primeira temporada da série The Crown, assistimos aos preparativos para o casamento real da então Princesa Elizabeth e do Príncipe Philip e como este teve que abdicar ao seu título para o casamento real e se tornar Duque de Edimburgo.

É nesse momento que vemos os primeiros indícios da doença do Rei George VI e por essa razão, Elizabeth e Philip começam a se envolverem nas jornadas políticas. Churchill, o Primeiro Ministro Inglês, começa a sofrer oposição, mas apesar de tudo, se mostra forte e capaz de administrar o Reino Unido.

E que atuação do ator John Lithgow  como Churchill! Tem um episódio sobre a elaboração do retrato de 80 anos do Churchill que trás uma reflexão sobre a sua idade x como você se vê, que é de arrepiar!

The CrownApós a morte do Rei George, Elizabeth vai enfrentar o maior desafio de sua vida: se tornar a Rainha do Reino Unido e além de tudo, se tornar chefe de sua família e da Igreja Anglicana.

 

A família real é apresentada com todo o glamour e no decorrer dos episódios, cada membro começa a ser mostrado com mais complexidade, como a Princesa Margaret (irmã de Elizabeth) a Rainha-Mãe Elizabeth, Edward (Duque de Windsor e Ex-Rei), os funcionários reais, que estão sempre prontos a evitarem um escândalo que abale os pilares conservadores e até mesmo a manipulação dos jornais britânicos, tentando sempre abafar qualquer indício de polêmica envolvendo a Realeza.

The CrownA coroação da Rainha Elizabeth II é um episódio fantástico e nos é pontuado como foram os preparativos para televisionar esse momento considerado tão importante para os britânicos, tendo ocorrido por sugestão do seu esposo Philip. Como ser Rainha de um país tão conservador e ser casada com uma pessoa com ideias tão progressistas para a época? Eis que o casamento real começa a ter indícios de crise.

Para complicar, a Princesa Margaret começa a se relacionar com Peter Townsend (um dos funcionários do palácio) e é impedida de viver seu romance com um plebeu. Como cumprir seu dever como Rainha além do amor por sua irmã? Ah, já contei demais! Corre lá e assiste como se dá o desfecho e as consequências dessa história tão envolvente!

E a 2ª temporada?

The CrownNa segunda temporada de The Crown, vemos a mudança de foco da Rainha Elizabeth para o seu esposo Philip.  No primeiro episódio já nos é apresentada a Guerra no Canal de Suez e como a Inglaterra esteve envolvida nos conflitos que acabou gerando uma crise diplomática, envolvendo a Rainha e o Primeiro Ministro.

Philip embarca em uma turnê diplomática de alguns meses e antes de viajar, Elizabeth encontra a primeira prova de sua traição com uma bailarina.

Quando Parker, o secretário de Philip, começa a enviar cartas contando todas as aventuras sexuais do grupo britânico, uma das cartas é interceptada por uma garçonete e entregue para a esposa de Parker como prova de traição para conseguir o divórcio. E, é claro que Elizabeth acaba sabendo de tudo o que seu esposo apronta em sua ausência.

The CrownA Princesa Margaret também nos mostra uma intensidade absurda, seja nos olhares perdidos, seja nas suas atitudes. Vanessa Kirby está de parabéns!  Após sofrer com a separação de Peter Townsend, ela fica sabendo por meio de uma carta que ele irá se casar. E, como fica Margaret? Mais embriagada, demonstrando sua raiva e seu sofrimento quebrando coisas e dançando com música com volume bem intenso.

Margaret acaba conhecendo o fotógrafo Antony Armstrong-Jones  (que tem uma vida bastante movimentada) e acaba casando-se com Ele. O que parecia um romance de contos de fada, será o início de uma união fadada ao fracasso.

The CrownTemos uma boa movimentação com a chegada do Presidente norte-americano Kennedy e sua esposa Jackie.  Como Jackie é muito admirada por sua inteligência, Elizabeth acaba sentindo-se ofuscada pela Primeira-dama Norte-Americana. Mas, acaba superando a insegurança a e a leva para um tour pelo palácio real.

Dias mais tarde, fica sabendo que a Primeira-dama falou mal da Rainha em um jantar e Elizabeth fica muito indignada. Para provar seu valor, viaja para Gana (África) e acaba evitando uma crise internacional. Todos os jornais noticiam o seu feito e Elizabeth retorna com a autoestima elevada. Algum tempo depois, a Primeira-dama Norte-Americana volta à Londres e pede desculpas pelo mal comportamento.

Ah, na minha opinião, o episódio 9 da série The Crown foi o mais chocante! É quando nos é apresentada a educação do Príncipe Charles, que sofre bullyng na escola britânica e quando será enviado (finalmente) para o Eton College, Philip acaba decidindo enviá-lo para a Escócia, onde teve sua formação. Gente, deu pena! Mas, acabamos entendendo as motivações de Philip para tal decisão. Mas, da forma que nos é apresentado a situação na trama,  é uma experiência para traumatizar qualquer um!

The CrownNo último episódio de The Crown, vemos Philip envolvido em mais um escândalo (que claro, é abafado) e Elizabeth se refugia na Escócia em busca de sossego para o término de sua gestação. Philip acaba descobrindo que a esposa sabe de suas traições e decide ir atrás dela e eles tem uma discussão.

No episódio ele pede para ela não fazer “vistas grossas” para suas traições e se declara para Elizabeth, o que dá a entender que Philip estava só tentando chamar a atenção o tempo todo, afinal ser Rainha não é fácil, mas ser o Esposo da Rainha do Reino Unido deve ser mais difícil ainda.

Gostou dessa síntese? Quer conhecer algumas séries inspiradas em livros e que estão disponíveis na Netflix? Clique aqui e confira! 

Até a próxima!