Viajar com crianças é uma ótima chance de aprendizagem

1
163

Quem pensa que os seus dias de viagem vão acabar com a chegada das crianças está muito enganado. Com um mínimo de organização, disciplina e força de vontade, é possível curtir as férias em locais distantes de casa sem se estressar. Viajar com crianças é uma aventura – mas não precisa ser um pesadelo. Existem diversos aspectos a serem considerados com antecedência para evitar aborrecimentos e situações incontroláveis. Antes de tudo, é preciso verificar o que há disponível no local onde se quer ir para os pequenos. Sabendo o que se vai encontrar, é possível prever a rotina durante esse período.

Deve-se dar uma certa preferência a lugares que permitem crianças e, principalmente, com equipamento infantil, como cadeirões em restaurantes, mesas trocadoras de fralda, parquinhos, áreas de lazer, etc. Também é uma boa ideia procurar por atividades lúdicas locais, como contação de histórias, oficinas e espetáculos infantis. Assim, é possível programar visitas turísticas para a família toda, sabendo que vai poder premiar a garotada com algumas horas só para elas se divertirem. Não esquecer ainda os locais habituais que a garotada adora, como os parques temáticos, jardins zoológicos e botânicos.

Mas também não é preciso levar as crianças somente nestes tipos de lugares. Uma viagem é sempre uma oportunidade de se conhecer outras culturas e seus costumes e a molecada adora novidade, portanto as atividades de gente grande podem e devem ser incluídas no cardápio, como os museus, ruínas e sítios arqueológicos, monumentos, bibliotecas, ou simplesmente andar prelo transporte público local. Este último pode surpreender pela sua variedade ou pelas suas peculiaridades.

Com o destino checado, é hora de decidir o que levar. A grande dúvida é como arrumar a mala de viagem. Roupas leves para o verão, casacos para o inverno, sapatos mais baixos e confortáveis para quem quer fazer turismo. Mas isso só funciona para os adultos. Tudo vai depender do local para onde se vai e qual a idade dos filhos. Na mala das crianças, deve haver de tudo um pouco, para não ser pego desprevenido. Além disso, alguns itens são essenciais na hora de viajar com bebês, como uma manta e gorros para o caso de esfriar repentinamente, ou bonés para proteger do sol. A capa de chuva para o carrinho de passeio, uma frasqueira para levar comida e um dos bichinhos de pelúcia ou brinquedos preferidos também são objetos básicos que devem estar sempre à mão para viajar com crianças.