Você é inteiro, e isso basta.

1
264

Confesso que se tem uma coisa que eu faço nessa vida é pensar. Passo a maior parte do tempo pensando, imaginando, questionando…

E em um desses questionamentos, me peguei pensando que desde que a gente nasce, nos fazem acreditar que nascemos pra ser o par de alguém. Pode ser quando a gente é criancinha e falam que o(a) amiguinho(a) é nosso(a) namorado(a), ou quando chega a pré-adolescência e perguntam incansavelmente se já temos alguém. A partir daí, nossa vida vira aquela eterna busca por esse alguém. A alma gêmea, a metade da laranja, a pessoa que está ligada a você pelo fio vermelho (pra quem não entendeu, pesquisa Akai Ito no Google). A gente acredita, que nossa vida não vai fazer sentido se não encontrarmos essa pessoa, mesmo que já tenhamos vivido uma vida inteira sem conhecê-la.

Mas a verdade, é que nós nascemos inteiros demais pra ser metade. É clichê dizer, mas não procure alguém que complete, se complete por si só, e encontre alguém que te transborde.

Você quer alguém pra mandar mensagem de “bom dia” todos os dias, alguém pra brigar pelo lado da cama e dividir o cobertor, mas você não precisa.

E não me entendam mal, não tem nenhum problema querer alguém pra compartilhar a vida, é só que, se você não encontrar (ou nem quiser procurar), tá tudo certo.

Eu sei, todo mundo fala isso, e todo mundo já cansou de ouvir. Mas saber e entender, são duas coisas diferentes, e quando a gente não entende, fica se lamentando por não ter ninguém.

Somente quando você aprender a aproveitar sua própria companhia, é que vai poder aproveitar de verdade a de outro. Se você encontrar alguém que seja tudo isso pra você, ótimo. Se não encontrar, ótimo também.

Por isso, entenda, você é sua melhor companhia. Viaje, curta a vida, aproveite os pequenos momentos, e perceba que tudo isso tem algo em comum: era você que sempre estava lá.

Lembre também dos momentos difíceis, de quando as coisas pareciam tão difíceis que você pensou que não ia aguentar. Você também estava lá, e só superou tudo, porque encontrou a força que precisava aí dentro de você.

É meio óbvio(e louco) falar isso, mas você estava com você em todos os momentos, bons e ruins. Você é seu porto seguro. Você é seu tudo. E pra ser feliz, você precisa somente de você mesmo.

Você é  maravilhoso(a) e especial, mesmo que você ainda não tenha percebido. Você é tudo isso, você é suficiente, você é mais que suficiente, e a presença (ou não) de alguém, não muda isso. Ter alguém do lado é só um plus.

Você não precisa de ninguém pra te completar. Você já é inteiro, e isso basta.