Ler mais: livros para o primeiro semestre de 2018

0
177

Sendo uma pessoa que gosta muito do universo literário, sempre quero ler mais e mais, mas nem sempre sei exatamente o que procuro e acabo pesquisando por listas sem fim com dicas, que nem sempre me ajudam.

Portanto, hoje venho apresentar 7 livros espetaculares para você dar uma chance e ler mais no ano de 2018. Você pode optar por ler um livro por mês ou apenas anotar as dicas e ler na ordem que quiser, afinal, só você sabe daquilo que te agrada.

Tentando ser bem sucinta, apresento a lista que te fará gostar ainda mais de ler:

1. Melancia, Marian Keyes

Um dos maiores sucessos da escritora irlandesa, Melancia retrata as voltas que a vida pode dar, após ser abandonada pelo marido e com uma filha para criar, Claire retorna para casa e vive com os pais até conseguir se re-estabelecer.

Uma história sobre depressão e superação, retratando com fidelidade os medos e anseios de todos nós diante do novo, de forma leve e descontraída o livro vai te seduzir e acabar com um gostinho de quero mais.

2. Outros jeitos de usar a boca, Rupi Kaur

Muito provavelmente você já ouviu falar dessa obra, pois ano passado fez um sucesso absurdo no Brasil e o mundo, sucesso este que não foi a toa. Com elegância e desenvoltura, o livro de Rupi nos mostra a realidade do abandono e do amor, relacionamentos fracassados e uma nova esperança.

Poesias tocantes e sensibilidade marcante, o livro pode ser lido em uma única tarde garantindo te impressionar com suas figuras e poemas que vão te fazer querer ler mais.

3. A Revolução dos bichos, George Orwell

Famoso escritor inglês nascido na Índia Britânica, George Orwell apresenta ao mundo livros de grande impacto historiográfico. Este romance satírico não poderia ser diferente, relatando a influência do poder em uma granja comum após uma revolução dos animais contra seus donos.

A obra escrita em plena Segunda Guerra Mundial, causou desconforto em sua primeira publicação devido sua forte crítica a ditadura stalinista vigente. Um recorte bem escrito a respeito da tirania e opressão, um livro que nos faz pensar e compreender melhor as fraquezas humanas.

4. As avós, Doris Lessing

Romance curto vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 2007 e relata a história de duas amigas que se conheceram na infância e desde então nunca mais quiseram se separar, o que parece fofo e ingênuo, mas elas crescem e a vida adulta pode revelar uma história perturbadora.

Para dizer o mínimo e não estragar a surpresa da história, o livro mostra a dor da perda e a superação de forma inusitada, é uma transgressão que nos faz pensar em tudo considerado moralmente certo e errado. Com apenas 97 páginas, a obra vai te conquistar do começo ao fim.

5. No mundo da Luna, Carina Rissi

Um romance simples e cativante, é uma história de amor ideal e perfeito com o homem errado. Uma vida bagunçada, cheia de reviravoltas, superação e desafios que podem nos fazer refletir sobre nossas decisões. A vontade de querer ler mais só irá aumentar a cada página desta obra.

Luna é humana, tem seus defeitos e qualidades, erra, sofre e supera. De amor, ninguém morre. É isso que este livro retrata, afinal, uma história de superação e aprendizado: mudanças drásticas podem ocorrer a qualquer momento, na vida de todos, mas o modo como enfrentamos novos desafios, é que nos faz ser quem somos.

6. Cartas de Amor aos mortos, Ava Dellaira

Laurel é uma adolescente comum, apresenta seus problemas e é imperfeita de muitas formas. Diante da morte da irmã, novas amizades e o primeiro amor, a garota obedece a proposta da professora de escrever uma carta a alguém que já morreu e relata sua vida, medos e anseios para grandes astros do rock.

Somente com estes relatos, Laurel começa a enfrentar seu passado que ela consegue entender o que realmente aconteceu e trilhar seu próprio caminho. Um livro sobre culpa, dor e perdão, mostrando que todos nós merecemos uma nova chance na vida.

7. Estranherismo, Zack Magiezi

Um livro que reúne pequenas poesias de um escritor brasileiro que começou a ser conhecido por meio do instagram. Obra curta e sentimental, vai te fazer querer ler mais do autor e esperar por um amor sem pestanejar.

Esperança e polissemia, Zack não foca nas perdas e depressões da vida cotidiana, é um retrato da vida sim, mas de forma delicada e sutil através de um jogo com as palavras que mostra toda a genialidade da obra por si só.