Voldemort: A Origem do Herdeiro – Agradou público da saga

O filme lançado por fãs inspirado na saga do bruxinho surpreende

0
274

No dia 13 de Janeiro, os fãs de Harry Potter puderam se deliciar com um pouco de magia novamente. O mundo criado por J.K.Rowling é gigante e ainda cheio de possibilidades para contar detalhes que não foram totalmente descritos nos 8 filmes da Warner, e assim como os pedidos dos fãs para que sejam feitos novos filmes ou séries da história, Voldemort: A Origem do Herdeiro , está aí para a felicidade desses fãs.

Um fanfilm (filme feitos por fãs), foi postado no Youtube. O filme conta com mais de 50 minutos e logo em seu início, somos avisados de que essa produção não tem relação com a escritora J.K.Rowling e nem com a Warner.

O vídeo já conta com mais de 11 milhões de visualizações, com mais de uma semana de estreia, o que mostra, mais do que nunca que os fãs de Harry Potter continuam vivos e fiéis.

A história do filme em base é para contar com um pouco mais de detalhe e de forma visual, sobre nosso sonserino mais famoso, o Lorde das Trevas, Voldemort.

Voldemort: A Origem do Herdeiro têm ótimos efeitos especiais, um elenco bom e um roteiro muito interessante. Mas o que alguns fãs da saga perceberam foi que poderia ter abordado bem mais a história do Lorde das Trevas e muito mais realmente entre o seu nascimento e a transformação em Voldemort. Porém, provavelmente o orçamento para tal produção e também o tempo do longa não comportava para tudo isso.

Atenção!!! A partir daqui não teremos cuidados com spoilers, então se você ainda não assistiu aqui CONTÉM SPOILER. 

Os efeitos visuais foram bem trabalhados, feitiços, lugares e a comum aparatação entre os bruxos. O figurino está impecável, tanto o dos alunos, quanto dos personagens em sua fase adulta. Citaram Mérope, a mãe de Voldemort, citaram nosso queridíssimo Dumbledore, que na época ainda era apenas professor de Hogwarts, assassinato da herdeira da Lufa-Lufa, citaram inclusive o vilão do spin-off de Animais Fantásticos, Grindewald.

Agora, vamos colocar em tópicos e comentaremos sobre coisas e detalhes que puderam ser notados em Voldemort: A Origem do Herdeiro :

  • A início não sabemos bem, e isso foi algo que ainda ficou incompreensível, que é como o diário de Tom Riddle vai para na União Soviética, já que o próprio sempre teve relações muito intimas sobre onde suas coisas estariam. Como a exemplo as Horcruxes estavam em lugares que representavam algo pra ele – a caverna onde ele assustou as crianças do mesmo orfanato que ele frequentou, Hogwarts onde ele estudou, e Gringotes o banco dos bruxos.
  • O filme apresenta os herdeiros de cada uma das 4 casas de Hogwarts, inclusive o da Sonserina, Tom Riddle, mas em teoria pela história descrita por J.K.Rowling. Tom não descobre assim tão facilmente, nem pela escola e nem por existir outros herdeiros, que ele mesmo é um, Voldemort: A Origem do Herdeiro, nos apresenta Grisha McLaggen – herdeira de Godric Gryffindor fundador da Grifinória, a Wiglaf Sigurdsson – Herdeiro de Rowena Ravenclaw fundadora da Corvinal, e a Lázaro Smith – herdeiro de Helga Hufflepuff fundadora da Lufa-Lufa.
  • No início do filme temos Grisha duelando com soldados da União Soviética, nesse duelo a varinha dela fica conectada, tem uma ligação. Em outro momento do filme, o mesmo acontece entre Tom e Lázaro, porém se formos pela história da saga, isto não poderia ter acontecido, pois é algo incomum a acontecer.
  • A frase – Inimigos do herdeiro, cuidado – é repetido diversas vezes por Tom, o que nos faz recordar da abertura da câmara secreta, feito pelo mesmo. E pelo que notamos na saga oficial, não é algo que o Tom repetia isso em suas falas por tantas vezes e nem quando se tornará o Lorde das Trevas. Já que o mesmo, que é um herdeiro, se torna inimigo de outros herdeiros.
  • Grisha, a herdeira da Grifinória, é representada como uma estudante do segundo ano, ou seja, teria 12 anos, a escolha da atriz foi excelente, mas a idade dada a ela com a atriz não batem, percebemos que ela deveria ser descrita com a idade entre 14 e 15 anos, ou seja, uma aluna do quarto ou quinto ano.
  • Há um momento em que Tom aparece na sala precisa, onde os herdeiros se encontram, e Tom já está com o anel que pertencia à seu avô, o mesmo que continha a pedra da ressurreição, ou seja, ele já havia assassinado a família paterna. Assim, em Voldemort: A Origem do Herdeiro, acabamos por rever alguns artefatos da saga original, como o anel do Marvalo Gaunt, o anel que possui a pedra da ressurreição, a taça da Helga Hufflepuff e o medalhão de Salazar Slytherin.
  • Percebemos que o Tom neste filme perde a calma um pouco facilmente, perto do que é demonstrado na saga original. O garoto Tom, sempre manteve a calma e desconcertava as pessoas com suas palavras, pois sempre foi manipulador. A atuação está ótima, mas percebemos isso enquanto Tom, pois quando ele se torna Voldemort, realmente ele não precisa mais ser tão manipulador.
  • Há uma cena, onde Mérope Gaunt, mãe do Tom aparece no filme, está cena Mérope está acompanhada de um bebê, que só pode ser Tom e o medalhão de Slytherin. Porém essa cena não pode realmente ter acontecido, pois Mérope vendeu o medalhão quando ainda estava grávida e veio a falecer uma hora após o nascimento de Tom.

No geral o filme está ótimo e faz sentido do começo ao fim, novamente com excelentes efeitos especiais e enquadramento.

E você o que achou, viu esses mesmos pontos sobre Voldemort: A Origem do Herdeiro ou não?

Se você ainda não assistiu, assista abaixo:

E ainda não esqueçam que este ano, em Novembro, teremos o segundo Animais Fantásticos!