Bafta 2018: Uma cerimônia de “Três Anúncios Para Um Crime” e protestos

Drama policial levou cinco estatuetas para casa

0
166
"Três Anúncios Para Um Crime" liderou a noite de premiações (Foto: Ben Stansall/AFP )

A produção de Martin McDonagh, Três Anúncios Para Um Crime, recebeu o prêmio de Melhor Filme durante a 71ª edição do Bafta, que aconteceu nesse domingo (18) no Royal Albert Hall, em Londres. O drama policial superou o favorito A Forma da Água, do mexicano Guillermo del Toro, que levou apenas o Bafta de Melhor Diretor para casa.

Três Anúncios Para Um Crime conta a história de Mildred Hayes (Frances McDormand), uma mãe inconformada com a ineficácia da investigação sobre o assassinato de sua filha, dirigida pelo Delegado Willoughby (Woody Harrelson). Com o objetivo de chamar atenção para o caso, Mildred aluga três outdoors e os utiliza como anúncios que alfinetam diretamente o delegado e clamam por respostas.

O filme recebeu mais quatro prêmios durante a cerimônia, sendo eles: Melhor Atriz para Frances McDormand, Melhor Filme Britânico, Melhor Ator Coadjuvante para Sam Rockwell e Melhor Roteiro Original. Lembrando que a produção já ganhou quatro prêmios Globo de Ouro e conta com sete indicações ao Oscar, ficando atrás apenas de A Forma da Água e Dunkirk (direção de Christopher Nolan).

OUTRA CERIMÔNIA DE PROTESTOS

Em um movimento similar ao ocorrido no Globo de Ouro 2018, a maioria dos convidados compareceram à cerimônia trajados em preto, demonstrando seu apoio ao movimento Time’s Up (O Tempo Acabou, do inglês). Alguns, novamente, preferiram levar como acompanhantes ativistas ao invés de maridos ou esposas. Além disso, pela primeira vez em 17 anos, uma mulher foi a apresentadora: Joanna Lumley, de Absolutely Fabulous, ficou responsável por conduzir a noite.

Margot Robbie, Lupita Nyong’o, Angelina Jolie, Jennifer Lawrence e Natalie Dormer foram algumas das celebridades que compareceram em trajes pretos. (Getty Images)

Os protestos surgiram após uma série de acusações de assédio e abuso sexual em Hollywood terem vindo â tona no ano passado. Tudo começou com o produtor cinematográfico americano Harvey Weinstein, mas tomou proporções escandalosas ao incluir no time de vilões outros grandes nomes do cinema como Kevin Spacey, Dustin Hoffman e Richard Dreyfuss.

Como consequência, foram criados a hashtag #MeToo (#EuTambém, do inglês), que passou a ser usada por homens e mulheres para denunciar situações de assédio sexual; e o movimento Time’s Up, criado por astros de Hollywood com o propósito de prestar apoio jurídico para vítimas de abuso sexual no trabalho.

Contudo, alguns convidados não adotaram o figurino preto: uma delas foi a duquesa de Cambridge, Katle Midleton. Ela compareceu à cerimônia trajando um vestido verde, de tom bem escuro, com apenas uma faixa preta em torno da cintura. O motivo? É contra o protocolo real britânico tomar parte em questões políticas, protestos e manifestações.

Kate preferiu um tom de verde bem escuro, próximo ao preto. (Chris Jackson – WPA Pool/Chris Jackson/Getty Image)

Outra exceção foi Frances McDormand, que ganhou o Bafta de Melhor Atriz por sua atuação em Três Anúncios Para Um Crime. Ao receber o prêmio com seu vestido vermelho e preto, Frances brincou: “Eu tenho um pouco de dificuldade em seguir regras”. Entretanto, ela ressaltou que apoia o protesto contra o abuso sexual.

O diretor de Três Anúncios Para Um Crime, Martin McDonagh, também deu seu parecer sobre os protestos: “Nosso filme é de esperança em vários sentidos, mas também de raiva. E, como temos visto este ano, às vezes a raiva é a única forma de fazer as pessoas ouvirem e mudarem, então estamos entusiasmados que o Bafta tenha reconhecido isso”.

Confira a lista completa de ganhadores:

Melhor Filme

“Três Anúncios Para Um Crime”

 

Melhor Diretor

Guillermo Del Toro, “A Forma da Água”

Resultado de imagem para cartaz a forma da agua

 

Melhor Ator

Gary Oldman, “O Destino de Uma Nação”

 

Melhor Atriz

Frances McDormand, “Três Anúncios Para Um Crime”

Melhor Ator Coadjuvante

Sam Rockwell, “Três Anúncios Para Um Crime”

Melhor Atriz Coadjuvante

Allison Janney, “Eu, Tonya”

 

Estrela em Ascensão

Daniel Kaluuya

Melhor Roteiro Original

“Três Anúncios Para Um Crime”

Melhor Roteiro Adaptado

“Me Chame Pelo Seu Nome”

Imagem relacionada

 

Melhor Filme Britânico

“Três Anúncios Para Um Crime”

Melhor Filme Estrangeiro

“The Handmaiden” (Coreia do Sul)

Melhor Documentário

“I Am Not Your Negro”

Melhor Animação

“Viva – A Vida É Uma Festa”

Imagem relacionada

 

Melhor Curta-metragem Britânico

“Cowboy Dave”

Melhor Curta-metragem de Animação Britânico

“Poles Apart”

Melhor Filme de Diretor, Roteirista ou Produtor Britânico Estreante

“I Am Not a Witch” – Rungano Nyoni (roteirista/diretor), Emily Morgan (produtor)

Melhor Trilha Sonora Original

“A Forma da Água”

Melhor Fotografia

“Blade Runner 2049”

Melhor Figurino

“Trama Fantasma”

Resultado de imagem para trama fantasma poster

 

Efeitos Visuais

“Blade Runner 2049”

Melhor Edição

“Em Ritmo de Fuga”

Melhor Design de Produção

“A Forma da Água”

Melhor Penteado e Maquiagem:

“O Destino de Uma Nação”

Melhor Som

“Dunkirk”

 

E aí, o que você achou dos ganhadores? Faria algo diferente? Conte nos comentários! Ah, e se quiser ler mais sobre premiações, você pode conferir os indicados ao Oscar 2018 aqui.