Por que os cães vão atrás de pessoas que não gostam de animais

0
178

Todo mundo gosta de cachorro. Certo? Errado! Por mais estranho que possa parecer para nós, que somos apaixonados por cães, nem todas as pessoas gostam de animais ou se sentem confortáveis na presença deles.

Algumas dessas pessoas que preferem não conviver com animais comentam que em diversas situações, cachorros percebiam que elas não se sentiam à vontade com eles e se aproximavam, como se essa atitude do cão fosse de propósito para deixá-las ainda mais desconfortáveis.

Mas será que realmente os cães diferenciam as pessoas que não gostam deles e se aproximam de forma proposital?

 Para Sharon Crowell-Davis, professora de Medicina Veterinária da Universidade da Geórgia, isso pode estar mais relacionado com “as percepções humanas”. Ela explica que os cachorros amigáveis e que são bem socializados com humanos irão interagir com diversas pessoas. A diferença é que, aquelas pessoas que não se sentem confortáveis com animais podem perceber muito mais a abordagem dos cães do que uma pessoa que é apaixonada por cachorros, pois para essa última, interagir com animais já é uma coisa mais natural.

Porém, existem outros fatores que podem fazer com que os cães prefiram se aproximar de certas pessoas e evitar outras. “Se o cão cresce apenas exposto às mulheres, por exemplo, ele pode ficar mais confortável com as mulheres do que com os homens, e isso pode produzir alguma seletividade no tipo de pessoa para a qual o cão vai se dirigir”, explica a Dra. Sharon Crowell-Davis.

Ainda de acordo com a Dra. Sharon, o fato de uma pessoa ser indiferente e não fazer aquela festa com o animal pode ser até um atrativo para certos cachorros. Aqueles cães que passaram pela socialização com humanos, mas permanecem um pouco “tímidos”, muitas vezes preferem pessoas mais acanhadas, ou indiferentes a eles, do que aquelas que já querem logo agarrar o animal.

Por serem muito bons em ler a linguagem corporal dos humanos, eles podem detectar as pessoas mais animadas em relação a eles e, de acordo com isso, escolher de quem ele prefere ficar próximo.

“Se o cão é um pouco tímido com pessoas e não gosta que elas fiquem o tempo inteiro lhe alisando e mexendo nele, esse cachorro provavelmente ficaria mais confortável com uma pessoa que não gosta de cães e que ficaria apenas sentada e parada ali”, afirma a Dra. Sharon.

A Dra. Sharon explica ainda que, assim como conhecemos muitos peludos que adoram ser mimados, abraçados e alisados, também existem cachorros que não gostam de muita festa e agarrados, exatamente o que muitos apaixonados por cães fazem e pessoas que não se sentem confortáveis com animais nunca fazem. Então, esses animais vão procurar ficar longe dos agarrados e preferir se aproximar de quem não lhes dá muita atenção.