Bariloche: um passeio pelo centro

0
14

Como eu havia dito no post anterior, Bariloche é um destino para muitos dias, já que existem vários passeios bacanas e que consomem bastante tempo. Nós passamos 6 noites na cidade e mesmo assim não foi possível fazer tudo, portanto é importante ler e pesquisar bastante sobre todos os passeios para decidir quantos dias você deseja passar em Bariloche. Os passeios são realmente incríveis e muito melhor ao vivo, já que mesmo as fotos não conseguem transmitir com exatidão o que te espera e a enorme beleza das paisagens. Todos superaram nossas expectativas!

O primeiro passo antes de fechar uma viagem para Bariloche é decidir a melhor época para a empreitada. O inverno é a época mais desejada pela maioria, portanto também a mais cara e lotada, devido à presença da neve e a possibilidade de esquiar, mas as paisagens são bonitas em qualquer época. A neve é mais garantida da segunda quinzena de julho até setembro, mas se você tiver sorte, é possível pegar neve em outras épocas também, como foi o nosso caso. Fomos em junho sem nenhuma garantia que veríamos neve, mas esse ano a neve chegou mais cedo e assim pudemos curtir Bariloche em toda sua plenitude, só que com tarifas bem mais baratas e sem a grande concentração de turistas.

Aproveitamos que no primeiro dia o clima não estava tão bom pela manhã para conhecer o centro da cidade e suas atrações, já que a maioria dos outros passeios é influenciada diretamente pelo clima e a visibilidade. O Centro Cívico é a principal atração, que é basicamente um conjunto arquitetônica muito bonito, declarado monumento histórico nacional em 1987, com várias construções que abrigam as principais instituições da cidade, como a Prefeitura, Biblioteca, Museu, Polícia, etc..

Bariloche Centro Civico

Bariloche Centro Civico

Bariloche Centro Civico

Bariloche Centro Civico

Todo o conjunto fica ao redor de uma praça com um monumento em homenagem ao General Julio Roca, sendo que um dos lados da praça é aberto para o Lago Nahuel Huapi, que margeia toda a extensão da cidade e é um dos seus principais cartões postais. Ele realmente é muito bonito, já que conta com diversas montanhas ao fundo para compor a paisagem.

Bariloche Lago Nahuel Huapi

Saindo do Centro Cívico pelo portão principal você cai diretamente na Calle Mitre, que é a principal rua comercial do centro e a mais turística. Lá você irá encontrar muitas lojas de roupas de frio, artesanato, restaurantes e alguns centros comerciais. Existem várias lojas que alugam roupas de frio para os passeios e a variedade de qualidade é muito grande entre elas, assim como os preços, por isso é importante ficar atento. Eu só recomendo o aluguel para os dias em que você for ter uma grande interação com a neve, como Cerro Catedral e Piedras Blancas, pois para os outros Cerros dá para tranquilamente visitá-los com roupas comuns e casacos mais pesados, sem necessariamente serem específicos para neve.

Bariloche Calle Mitre

Bariloche Calle Mitre

No entanto, um dos pontos altos da Mitre é sem dúvida nenhuma as famosas lojas de chocolate de Bariloche. São várias marcas e todas possuem algumas lojas espalhadas pela rua e outros pontos da cidade, portanto você vai com certeza passar por várias delas a cada esquina. Essa fartura toda gera uma certa confusão, pois você fica sem saber qual é melhor ou qual tem o melhor custo-benefício. Na verdade não existe uma resposta exata para essas perguntas e depende muito do gosto pessoal de cada um. As mais famosas são a Mamuschka, RapaNui, Abuela Goye e Del Turista. Experimentamos todas, mas a que gostamos mais, tanto pela qualidade do chocolate, quanto pelo atendimento mais atencioso, foi a Mamuschka. Todas suas filiais sempre ofereciam amostra gratuitas e foi o chocolate que achei mais gostoso, apesar das outras não ficarem muito atrás.

Bariloche chocolate

Bariloche chocolate

Bariloche chocolate

Bariloche chocolate

Para encerrar o passeio pelo centro, entre a Mitre e o Lago Nahuel Huapi fica a Catedral de Bariloche. Ele não é muito grande, mas tem uma certa imponência e uma fachada bonita. Por ficar bem ao lado do lago, o frio era um pouco maior nessa região, mas nada que atrapalhasse.

Bariloche catedral

Bariloche catedral

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Bariloche: onde se hospedar
O que fazer em Buenos Aires – Centro
O que fazer em Buenos Aires – Outras regiões
Buenos Aires: Um show de tango
Buenos Aires: Onde comer
Buenos Aires com crianças